Os mitos sobre o protetor solar

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email
Protector_Solar_temvalor

O verão já chegou e está na hora de pegar no protetor solar. E são imensas as suposições que se criam à volta da proteção solar.

O verão já chegou e está na hora de pegar no protetor solar. E são imensas as suposições que se criam à volta da proteção solar. 

  • Os protetores solares não deixam bronzear

Mito! Um dos maiores mitos em torno da utilização da proteção solar. Os protetores solares bloqueiam os raios nocivos, mas não impedem a produção de melanina que faz aumentar o bronzeado. Um dos maiores exemplos que se pode dar é o facto das crianças utilizarem protetores solares com SPF50+ e mesmo assim ficarem bronzeadas.

·        Só uma vez não chega
Verdade! Sempre que transpira demais ou toma banho no mar deve reforçar a dose de protetor solar que aplica, porque a resistência de qualquer protetor quando exposto à água só dura 20 minutos. E mesmo que não mergulhe é importante que volte a pôr creme protetor a cada duas horas no máximo. Bastante, mesmo que esteja bronzeado.
  • Utilizar protetor solar causa acne

Mito! Ainda há várias pessoas que não utilizam protetor solar porque dizem que faz acne, aumenta as borbulhas ou deixa a pele oleosa. Isto acontece porque não usam um protetor solar adequado para a sua pele. Existem protetores para cada tipo, sendo que neste caso o melhor será escolher um com uma textura fluída, oil-free e até anti acne. 

·        Creme diferente para rosto e corpo

Mito: o mesmo creme protetor serve para todas as zonas do corpo

  • Se ficar à sombra devo aplicar na mesma protetor de solar

Verdade! Mesmo estando debaixo do chapéu de sol há raios solares que passam e que agridem a pele. Mais que não seja porque terá de chegar à praia, colocar o chapéu de sol e acabará por também sair de lá, por isso, haverá uma altura em que inevitavelmente há mais exposição do que se pretendia.

 

  • As pessoas morenas não precisam de protetor solar

Mito! As pessoas morenas têm mais quantidade de melanina, a proteína que funciona como espécie de protetor natural da pele e que é responsável pelo bronzeado ou tonalidade. No entanto, apesar de terem mais melanina não são imunes aos raios solares e por isso podem desenvolver na mesma cancros de pele ou outros problemas associados à exposição sem proteção.

 

Mas existem ideias sobre os protetores solares que são mesmo verdade. Por exemplo: nos primeiros dias de praia convém utilizar cremes com um fator mais alto. E isto é válido para qualquer tipo de pele, mesmo para as mais resistentes:

  • Para os tipos de pele de fototipo I e II (cabelo e pele claras), recomenda-se a utilização de um creme SPF 50 nos primeiros tempos, que pode diminuir para o fator 30 mais tarde.
  • Uma pele de fototipo III (cabelo e pele mais escuras), exige um protetor solar de fator 30 que pode baixar para SPF15.
  • Uma pele de fototipo IV (cabelo e pele negros) deve começar com um protetor solar de fator 15 que depois diminui para SPF6.
Cláudia Carvalho

Cláudia Carvalho

Licenciada em Serviço Social, com Pós-Graduação em Gestão de Recursos Humanos.
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

Categorias

Este é o seu BLOG

A temvalor.pt esta empenhada em disponibilizar conteúdo que realmente lhe interesse e por isso os seus comentários são muito importantes para nós… Gratifique os profissionais com a sua interacção, terá o mesmo significado que uma salva de palmas tem para um artistas ou actor. Obrigado

Publicações Recentes

Siga-nos

Receba a nossa newsletter

Receba no seu email todas as nossas novidades!