Primeiro motociclo voador do mundo pode alcançar uma velocidade de quase 490 km/h

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

A empresa Jetpack Aviation concluiu os testes referentes ao projeto Speeder, para o desenvolvimento de uma aeronave que faz descolagens e aterragens na vertical. Segundo a companhia, o veículo, que se assemelha a um motociclo, conseguiu viajar a quase 490 quilómetros por hora.

Realizados no sul da Califórnia, os testes com o protótipo P1 da aeronave, feito em chassis de alumínio, foram considerados satisfatórios pelos investigadores da empresa.

De acordo com o jornal britânico Daily Mail, a Aerospace Testing International ressaltou que a aeronave “demonstrou capacidade para descolar, subir, flutuar, guiar e realizar transições lentas de voos para frente”.

O Speeder pode alcançar uma altitude de quatro quilómetros e meio. Tem capacidade de voo automatizado a 482,8 quilómetros por hora, inclusive com carga a bordo, porém, esta deverá pesar no máximo 270 kg.

A fabricante recomenda que, em voos tripulados, a aeronave opere a uma velocidade menor para não comprometer a visão e a respiração do piloto.

Uma das sua grandes vantagens, é o facto do veículo ser pequeno o suficiente para poder ser transportado num trailer, além de não precisar de ser carregado antes da descolagem.

O CEO da Jetpack Aviation, David Mayman, referiu, em declarações ao New Atlas,  que o objetivo da empresa é tornar o Speeder modular, com diferentes tipos de estrutura e propulsão, para atender às diferentes necessidades dos clientes. Um dos potenciais utilizadores do veiculo poderá ser a Marinha dos Estados Unidos.

A Jetpack Aviation já está a desenvolver a sua próxima versão, o P1.5, que deverá usar uma estrutura menor em painéis de fibra de carbono. Este último irá parecer-se mais com as versões de produção final.

O custo inicial do Speeder era de 380 mil dólares (cerca de 322 mil euros), mas, segundo Mayman, é provável que o preço da aeronave suba.

A Jetpack Aviation recebeu apoio financeiro da empresa Tim Draper, que, segundo a rede CNBC, foi um dos investidores iniciais da Tesla e SpaceX, ambas pertencentes ao empresário Elon Musk.

Atualmente, as aeronaves desenvolvidas pela Jetpack Aviation utilizam combustíveis fósseis, como diesel e o querosene, mas o CEO da empresa está comprometido a oferecer veículos sustentáveis, com emissão zero de carbono.

Artigo retirado de ZAP

Cláudio Silva

Cláudio Silva

Gerente Uteis & Razoaveis Lda, vendedor e criador de soluções TI , impulsionador de ferramentas tecnológicas para o sector empresarial.
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

Categorias

Este é o seu BLOG

A temvalor.pt esta empenhada em disponibilizar conteúdo que realmente lhe interesse e por isso os seus comentários são muito importantes para nós… Gratifique os profissionais com a sua interacção, terá o mesmo significado que uma salva de palmas tem para um artistas ou actor. Obrigado

Publicações Recentes

Siga-nos

Receba a nossa newsletter

Receba no seu email todas as nossas novidades!